• Carol Ussier

O Salar de Uyuni: o que esperar de cada dia em fotos


Havia chegado a hora de partir para um dos mais esperados itens dessa viagem: o Salar de Uyuni, maior deserto de sal do mundo. Existem diversas opções para conhecer este lugar maravilhoso e eu optei por fazer o tour de 3 dias e 2 noites, que como vocês verão inclui MUITO mais do que apenas o salar. Os lugares por onde passamos durante os 3 dias são incríveis e por isso decidi fazer uma postagem cheia de fotos, especialmente para você que ainda não decidiu se vale a pena fazê-lo ou não. No próximo artigo eu conto um pouco mais sobre o "planejamento" e detalhes desses dias. ​

O tour completo pelo salar é dividido em 3 dias:

PRIMEIRO DIA DO TOUR

A maioria dos grupos sai de Uyuni 10h30 da manhã, já com os carros cheios. A primeira parada é o cemitério de trens, uma área com vários trens e trilhos que foram abandonados depois que começaram a oxidar. Depois de muitas fotos tiradas, partimos para o próximo destino e o mais esperado: o salar de Uyuni. São cerca de 45 minutos entre um lugar e outro e antes de efetivamente entrarem no salar, todos os carros param em uma rua cheia de vendinhas e alguns lugares que se denominam "museu de sal". O lugar, na minha opinião, é mais uma forma de atrair turistas para comprar souvenirs. Por volta de 12h30 finalmente entramos no salar: que lugar lindo! Nós estávamos em 6 pessoas no carro, além do motorista, e queríamos achar uma região do salar que estivesse alagada. Infelizmente não conseguimos achar e combinamos que todos voltaremos algum dia na época de chuvas. Durante toda a tarde do primeiro dia ficamos dentro do salar, percorrendo por seus mais de 10.000 km² e conhecendo algumas de suas ilhas. Depois do pôr-do-sol nos despedimos do salar e fomos em direção ao pueblo de San Juan, onde pernoitamos em um hotel de sal. Roteiro do primeiro dia: - Cemitério de Trens - Musel de Sal e tendas de souvenirs - Percurso pelo salar - Antigo hotel de sal (onde almoçamos) - Isla Incahuasi - Pernoite em San Juan em um hotel de sal ​

SEGUNDO DIA DO TOUR

Ao contrário do que muita gente pensa, apenas o primeiro dia do tour é dedicado ao salar. Ou seja, no final do primeiro dia realmente nos despedimos daquele lugar incrível. A boa notícia é que os lugares do segundo e do terceiro dia são tão bonitos quanto o salar e, na minha opinião, ainda mais surpreendentes. O segundo dia é o mais longo de todos, pois acordamos cedo (7h30 já estamos no carro) e paramos apenas ao anoitecer, já muito próximos da fronteira com o Chile. Roteiro do segundo dia: - Gruta Galaxias (cristais) - Ejército de Piedras (vale com algas petrificadas) - Vulcão Ollague (e vale com formações em lava) - Salar de Chiguana (salar com mais terra do que o de Uyuni) - Lagunas Altiplânicas (Cañapa, Hedionda - onde almoçamos, Chiarcota e Honda) - Montanha de 7 cores - Deserto de Siloli e Arbol de Piedra - Laguna Colorada (onde pernoitamos)

​TERCEIRO DIA DO TOUR

O terceiro e último dia do tour é também o mais puxado em termos de estrada. Saímos 5h da manhã da fronteira com o Chile e retornamos para Uyuni, passando por gêiseres, águas termais, mais desertos, lagunas e pueblos. Para quem vai ao Atacama o tour termina na Laguna Verde, de onde os carros saem com direção à fronteira com o Chile. No carro em que eu estava ninguém foi para Atacama, portanto seguimos viagem. Roteiro do terceiro dia: - Gêiseres Sol de Mañana - Águas termais - Deserto de Dali - Laguna Verde - Valle de Rocas - San Cristobal pueblo

Para mim o tour de 3 dias do salar foi uma caixa cheia de surpresas. No carro em que eu estava a gente comentava que parecia que os lugares não eram reais, de tão inacreditavelmente bonitos que são. Tá, os lugares são lindos e você ficou com vontade de ir, certo? Provavelmente deve estar com um milhão de perguntas na cabeça. Quanto custou? É perigoso? Como é o transporte? Com qual empresa ir? Preciso agendar com antecedência? Se você ficou com essas dúvidas, não perca o próximo post, que estará cheio de dicas como essas (e também um pouco mais de detalhes sobre esses 3 dias). ​

#AméricadoSul #Favoritos #Bolívia #Aventura

0 visualização
Ana Carolina Ussier

Uma mulher viajante, com sol em aquário e lua em sagitário. Tenho muitas versões: engenheira por formação, gerente de projetos por convicção e dançarina por vocação, mas acima de tudo uma grande incomodadora inconformada. Apaixonada por inclusão social e pelo universo feminino. Vivendo pela África Ocidental desde 2017, agora sem residência fixa.

 

Conheça mais

 

© 2017 by Carolando no Mundo. Todos os direitos reservados